Agendas Escolares

Agendas Escolares – está na hora de se livrar delas?

A comunicação entre escola e os pais tradicionalmente utiliza como veículo a tradicional agenda em papel. Essa é uma prática de longa data e ainda adotada pela esmagadora maioria das escolas no Brasil. No entanto, com o advento dos aplicativos de comunicação escolar, a escola pode e deve avaliar o quanto perde ao insistir no tradicional modelo e as oportunidades de ganho a curto, médico e longo prazo com o uso das tecnologias digitais.

Para tanto, a escola deve avaliar os tipos de comunicação que mais utiliza com seus clientes, o valor que essa comunicação agrega para a escola e os pais e o custo da comunicação. Assim, ficará mais claro o quanto a escola está atendida pelo meio que usa atualmente e a comparação das alternativas.

Para facilitar o seu entendimento, criamos a tabela abaixo que mostra as diferenças as duas abordagens, os problemas e benefícios de cada uma delas.

Comparação entre as agendas em papel e os aplicativos

Comparação entre as agendas em papel e os aplicativos

Agora é com você! Se você chegou até aqui já deve ter sua própria opinião sobre o tema. Espero que tenha gostado.

Home

 

sonecas

Quando somos mães e pais de primeira viagem, um dos momentos que nos angustiam, por total falta de experiência – afinal os pequeninos não vêm com manual – é a hora do soninho…

Todos aprendemos desde pequenos ou pelas crenças familiares ou de pessoas chegadas a nós, que dormir é muito importante, dormir faz a criança crescer saudável, que dormir alimenta!

Com todas essas informações latentes em nossas cabeças, e a ansiedade normal por estarmos passando por algumas fazes que ainda não conhecemos bem, resolvi escrever sobre a minha experiência de ser mãe e contar sobre alguns problemas que não são tão grandes assim. (depois, durante e na tempestade, temos o sorriso lindo do nosso filho, sempre!).

  • Criança que dorme pequenos soninhos sem controle durante o dia: o que eu aprendi!

Bebês recém-nascidos ainda não têm horários certos de soninho, por isso acontecerá deles dormirem, ou não, vários sonos não importando o horário: se é durante o dia ou à noite. Lembre-se que ainda estão formando seus hábitos, seu relógio biológico esta ainda acertando os ponteiros.

bebeLembro-me que a nossa pediatra Dra. Lúcia Figueiredo Ferreira me indicou para ajudar no ritmo de minha filha Felícia durante o dia deixar o quarto aberto, ensolarado, fazer os barulhos normais da casa e prosseguir com a minha rotina. Quando chegasse no horário do meio dia, amamenta-la e coloca-la para dormir no bercinho para ela ter essa regrinha de sono à tarde…

Quando chegasse a noite, dar seu banho com calma, colocar seu pijaminha, quartinho fechado mas arejado, tudo calmo em casa, dar o peito e a partir de algumas semanas ela começaria entender esse processo como o processo para deitar e dormir, que esta a parte do dia em que chegaria a hora de dormir a noite e assim, com calma, rotina e muito amor, tudo entraria nos eixos. Até meus 6 cães entendiam que a noitinha era hora da calmaria, até eles ficam silenciosos.

  •  Maravilha!?!?! Só que não!

Preciso contar a vocês minha experiência com Felícia. Desde seus primeiros dias de vida ela não tinha facilidade em dormir, na verdade ela nunca dormia durante o dia, apenas a noite, isso para uma mãe de primeira viagem é aterrorizante, pois eu fazia realmente tudo o que a minha pediatra orientava, sem pestanejar; e não, nada surtia os efeitos esperados.

Porém sim os bebês tem seu relógio biológico e a natureza sabe o que faz o pequeno corpinho já sabe o quanto de sono precisa por dia. Isso eu só fui entender depois de muito ficar preocupada por não entender por que ela não dormia – lá pelos seus 11 meses J.

Depois quando ela estava maiorzinha, lá pelos seus 15 meses eu mudei a técnica sempre com o auxilio indispensável da Dra. Lúcia…

circulosColocava-a a dormir quando ainda está acordada. Ela já conversava e já entendia melhor quando eu explicava para ela, que agora seria a hora de acalmar. Após a hora do almoço, eu pedia para ela deitar no berço e ficar tranquila, que como a vovó Jussara, minha mãe sempre dizia: fecha os olhinhos que o soninho já vem. Lembro que até um dos nossos cachorrinhos o meu amado Garibaldo, participava desta façanha. Ele ficava embaixo ou ao lado do berço como se fosse um apoio moral, ele dormia, ela não!

Pouco essa técnica nos ajudou durante o dia, pois realmente Felícia não dormia enquanto o sol não deitava – risos, porém foi bastante eficaz à noite, pois eu sentava em minha cadeira e dava o peito – sim minha filha foi amamentada até os 03 anos de idade – depois sentava ao lado da cama, lia suas histórias preferidas, uma por noite, pois se não eu entraria noite lendo, ou eu mesma contava as histórias de amor de nossos cães, histórias que eu mesma lembrava e contava para ela. Depois eu dava o beijo de boa noite, falava o eu te amo, e ela sabia que seria o horário de dormir. Óbvio que o começo não foi fácil, mas em uma semana ela já estava acostumada com essa nova rotina que se incorporava.

  • Rotina

Por falar em rotina, ela é essencial, pois desde muito pequenos eles precisam regular seus horários para que estejam dispostos, saudáveis e bem alimentados.

  • Lembro também que pedir ajuda é importante e dormir também!

Algumas vezes quando nos primeiros meses de vida eu ia amamentar Felícia, (sobre livre demanda), pois apesar de reconhecer e saber da importância da rotina no vida dos bebês, a livre demanda também ajuda na rotina, pois ninguém melhor que o bebê e seu metabolismo para saber quando está com fome ou sede, pois o leite materno quando a fonte de alimentação única, também é o liquido que tira a sede do bebê; quando eu sentava em minha cadeira para amamenta-la, ela dormia no peito e eu tirava uma sonequinha de cinco minutos. Como vi que esta era a rotina dela de minúsculos soninhos, pois logo que ela se mexia e abria aqueles lindos olhos me olhando, eu já sabia que era hora de conversar, contar histórias, falar o abc, números, cores, e o quanto eu sou a pessoa mais feliz do mundo por ela existir e o quanto eu a amo! (ah como é bom ser mãe, eu amo!)

ajuSobre as ajudas, lembro-me da vovó Juju, da Bisa Adalgiza que até benzia ela para ver se ela dormiria, do papai Evaldo, todos pegando Fefa no colo, ninando, embalando, cantando etc., para que ela dormisse. Eu nestes momentos olhava com amor e entendia que mesmo que ela não dormisse, seriam momentos únicos e que com a nossa pediatra dizia: “se ela dorme bem à noite, se ela está ganhando peso, se ela está bem alimentada, se ela vai ao pediatra regularmente, se ela esta feliz durante o dia não se mostrando irritada ou cansada, esse é ritmo dela, essa é a necessidade dela de sono, crianças não são iguais e não dormem todas da mesma forma. Relaxe tudo vai ficar bem!”

E ficou! Hoje ela tem 11 anos, passou para o 7º ano: saudável, esperta, de personalidade fortíssima, inteligente e linda.

Esta semana fomos ao consultório da Dra. Lúcia para uma última consulta, pois a partir de janeiro de 2017 ela se aposenta. A importância de se ter uma médica que te envolva nos braços e mostre como seguir o caminho é ímpar. Este dia foi difícil, pareceu que o chão caiu, pois sempre pude confiar de olhos fechados na nossa pediatra. Dra. Lúcia termina a consulta dizendo que Felícia entrou na sala dela a primeira vez com 11 dias e 53 cm, e hoje sai de lá em sua última consulta com 11 anos e 1,68 cm. Lágrimas caíram, mas ciclos se fecham e ficam as boas lembranças!

Sobre Felícia ela mudou muito mas ainda até hoje só dorme durante a noite. 🙂

Observações:

Eu fui privilegiada durante os primeiros dez anos de vida de Felícia trabalhar em casa, (home office) ajudando de casa meu marido. Fico imaginando como deve ser apreensivo para uma mãe e pai terem que deixar seus filhos aos cuidados de outras pessoas, ou em escolas desde muito pequenos. Por isso, meus sócios e eu criamos o aplicativo Diário Escola, para manter a família sempre junto à escola. Nosso aplicativo é totalmente gratuito aos pais e famílias, basta que a escola seja usuária.

Saber em tempo real como o filho se alimentou; a que horas ele foi dormir e acordou; receber um relatório da quantidade em ml de mamadeira que ele tomou durante o mês é incrível!

Se você quer saber mais sobre nosso gratificante trabalho que está aproximando mais de 5500 pais às escolas, conheça nosso site: www.diarioescola.com.br

Sou Raquel, mãe da Felícia, dona dos cães mais amados do mundo e agora Diretora do Diário Escola.

,

Perigo, mosquitos! Protejam as crianças! Nós podemos ajudar :)

Picadas de mosquitos? Protejam seus filhos!

 Nós podemos ajudar 🙂

Sabemos que as picadas de mosquitos podem ser muito perigosas, principalmente às crianças que além de não perceberem os mosquitos em sua volta, são por muitas vezes, mais alérgicas a suas picadas.

mosquito

Como o Diário Escola pode ajudar:

Fazendo o uso do aplicativo Diário Escola, a família coloca a prescrição médica do repelente indicado à criança, diretamente no aplicativo, e coloca os horários em que ele deve ser aplicado, assim mamães e papais podem ficar despreocupados, pois receberão o aviso em seus celulares, no horário em que a professora aplicou em seu filho, deixando-os tranquilos sabendo que estão protegidos da maneira correta.

Vamos compartilhar essa matéria da fanpage da Dra Ana Escobar (@DraAnaEscobarResponde) e (www.draanaescobar.com.br) para ajudar a sanar as dúvidas de como passar corretamente o repelente de insetos. Aproveite a leitura! 🙂

No verão tropical brasileiro, e até em outras estações do ano, os repelentes passaram a fazer parte da rotina diária de adultos, crianças e idosos, principalmente antes de sair de casa. Mas tão importante quanto usar o repelente, é saber aplica-lo corretamente.

O Aedes é um mosquito fatalmente esperto. Pode se aproveitar de qualquer descuido. Então vamos às dicas para aplicar corretamente o repelente e espantar para longe os mosquitos e as preocupações:

  1. Passe o repelente homogeneamente, em todas as partes expostas do corpo. Isso mesmo. Não deixe nenhuma área exposta sem proteção. Além disso, não economize na quantidade. Aplique uma quantidade suficiente para cobrir a superfície exposta do seu corpo.
  2. Cuidado com a região da face, principalmente com olhos, nariz e boca. O melhor a fazer para se proteger é passar o repelente em suas mãos e aplica-lo no rosto como um creme.
  3. Com protetor solar, maquiagem, cremes ou hidratantes: passe primeiro o protetor solar, espere uns 15 minutos e depois aplique o repelente. O mesmo vale para a maquiagem. Só que não precisa esperar 15 minutos. O repelente pode ser aplicado logo após a maquiagem.
  4. Reaplique o repelente sempre que necessário. Seja repetitivo. Nos dias muito quentes, se você suar muito ou praticar esportes, principalmente aquáticos, o repelente deve ser reaplicado. Fique atento, no entanto, ao tipo de repelente que você utiliza. Os que têm como produto ativo o DEET não devem ser reaplicados mais de 03 vezes ao longo do dia. Os que são à base de Icaridina e IR3535 podem ser reaplicados mais frequentemente.
  5. Durante a noite: não se deve passar repelente imediatamente antes de ir para a cama. Vale para adultos e crianças. O repelente tem que evaporar para fazer efeito. Por isso, quando nos cobrimos à noite, o repelente não evapora. Além disso, o repelente pode facilmente ser eliminado do corpo com o atrito nos lençóis.

Aproveite o verão sem picadas de mosquitos e principalmente sem preocupações evitáveis.

Para conhecer mais sobre o nosso aplicativo entre em nosso site 😀

diarioescola.com.br

@diarioescola

E-mail: contato@diarioescola.com.br

,

Família e Escola, uma comunicação clara e objetiva

A comunicação escolar objetiva e clara nos diários dos alunos é uma das mais importantes formas que as famílias têm para acompanhar e saber o que acontece com os filhos nos momentos em que estão nas escolinhas.

Crianças muito pequenas tem certa dificuldade de lembrar o que aconteceu durante o dia em sala de aula. Por isso o uso de acompanhamentos diários, tais como a agenda em papel se faz importante.

  • Acompanhamento na escola?

Mas e se fosse possível acompanhar o dia de nossos filhos em tempo real?

E se fosse possível, no meio da manhã receber em seu celular uma foto dele jogando capoeira, cantando e dançando, ou apenas comendo uma deliciosa maçã na companhia dos colegas, crianças quando estimulada por seus pares comem até o que em casa não gostam. Seu dia com certeza seria mais alegre!

E se ele tem uma alergia e você enviou o remédio na mochila, mas esqueceu da receita e dos horários prescritos pelo médico? Não seria fantástico cadastrar os horários e enviar a receita diretamente à enfermaria da escola, e melhor ainda, ser notificada no horário exato em que foi ministrada a medicação?

E se você pudesse saber de antemão o dia e horário das reuniões e pudesse confirmar sua participação?

E se você pudesse também saber o material que a professora vai pedir para a aula de amanhã e pudesse aproveitar o seu horário de folga durante o almoço ou café com as amigas e comprasse tudo o que a escola vai pedir sem a correria do final do dia? Isso facilitaria seu dia?

E se hoje for a festa de aniversário de três aninhos de seu filho na escola e você tem uma reunião importante e não pode comparecer…  Se você recebesse toda a folia e felicidade que ele está sentindo, por fotos tiradas em tempo real pela professora, faria você se sentir como se estivesse presente?

  • Usando a tecnologia

Pois a partir de agora, tudo o que imaginamos acima pode acontecer!  Durante o seu dia você pode receber tudo o que for relacionado a seu filho no seu celular, tablet ou computador, basta que sua escola opte por inovação, sustentabilidade, controle total e segurança na informação escolar.

O Diário Escola é um aplicativo totalmente gratuito aos pais e o que ele entrega você já mais viu em qualquer outro diário escolar.

Indique a sua escola, e tenha o melhor em comunicação ao seu alcance.

Diário Escola – Você presente, sempre!

 

Boletim Informativo

Boletim Informativo #8

Boletim Informativo do Diário Escola

Tela de Medicamentos

Agora você encontra no menu principal do app um botão para acessar a nova tela de medicamentos do app. Nesta tela, você verá os horários e as crianças que devem tomar os medicamentos. Poderá conferir a foto da receita e confirmar que a criança tomou a medicação diretamente nesta tela.

Relatório do Diário (apenas no aplicativo da web)

Com esse relatório é possível tirar a lista de presença dos alunos, horas extras e todas as informações que foram colocadas no diário dos alunos. Também é possível salvar em Excel o relatório para manipular os dados.

Mudança nos Telefones

Os telefones da nossa equipe ganharam mais um dígito 9.

Diário Escola

Depoimentos

Acompanhe os Depoimentos do Diário Escola!

Para o Diário Escola os clientes são como hóspedes. Para o hóspede damos o melhor que temos. A melhor toalha, a melhor cama possível, uma janta feita com amor. O cliente deve ser extremamente bem atendido como em um hotel de alto renome. Consideramos que assim como o coração é essencial para vivermos o cliente é essencial para a nossa Empresa.

Para exemplificar como cuidamos com carinho das nossos Clientes, reunimos depoimentos de Escolas que contam como é a experiência de usar o Diário Escola no dia-a-dia.

Acesse a seguinte página para ver os depoimentos dos Clientes do Diário Escola: diarioescola.com.br/depoimentos